Aeronave registrou problemas de superaquecimento na cabine. Não houve feridos

Santiago do Chile - Um voo comercial da American Airlines, que registrou problemas de superaquecimento em sua cabine, realizou na noite desta terça-feira uma aterrissagem de emergência no aeroporto internacional de Santiago, sem deixar feridos.

A imprensa chilena confirmou que os pilotos da aeronave, um Boeing 767 que decolara do mesmo terminal aéreo rumo a Miami, reportaram um problema em seu sistema de controle de temperatura e passaram a sobrevoar a capital chilena enquanto era ativado no aeroporto um completo protocolo de emergência.

Desta forma, o voo 266 da American Airlines aterrissou duas horas depois de ter decolado e seus 66 passageiros foram evacuados com normalidade. Foram enviadas para o aeroporto de Santiago equipes de bombeiros e funcionários do serviço de emergência médica.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.