Avião da Air France desaparece sobre o Atlântico após decolar do Rio

Um Airbus da Air France com 231 pessoas a bordo que fazia a viagem entre Rio de Janeiro e Paris desapareceu dos monitores de radar nesta segunda-feira quando sobrevoava o Oceano Atlântico, e a Força Aérea do Brasil já iniciou uma operação de busca.

AFP |

A Air France confirmou à AFP não ter notícias do voo AF 447 entre Rio e Paris com 216 passageiros e 15 tripulantes a bordo.

"A Air France lamenta anunciar que não tem notícias do voo AF 447 que fazia a ligação Rio-Paris com 216 passageiros a bordo e compartilha a emoção e a preocupação das famílias afetadas", declarou à AFP uma porta-voz da companhia aérea francesa.

A bordo do avião viajavam também 15 tripulantes, incluindo três técnicos, segundo a Air France.

Uma fonte aeroportuária em Paris informou que o avião desapareceu dos radares às 6H00 GMT (3H00 de Brasília), sobre o Oceano Atlântico, depois de em um primeiro momento ter afirmado que havia desaparecido perto da costa brasileira.

O avião, um Airbus A330, decolou do Rio de Janeiro às 19H00 de domingo e deveria pousar às 11H10 de Paris (6H10 de Brasília) no aeroporto Charles de Gaulle.

Outra fonte do aeroporto parisiense declarou à AFP que não há nenhuma esperança para o avião da Air France.

"Em sua última comunicação, o capitão de bordo afirmou que aconteceram turbulências e depois o contato foi perdido", afirmou esta fonte, que pediu anonimato.

Aviões da Força Aérea do Brasil iniciaram as buscas pela aeronave a partir da ilha de Fernando de Noronha, informou a Aeronáutica.

Um porta-voz da Aeronáutica explicou que a aeronave já não foi vista pelos radares na Ilha do Sal, no Oceano Atlântico, e por isto a Força Aérea foi mobilizada para iniciar as operações de busca.

Os sobrevoos de busca são realizados a partir de Fernando de Noronha, no sentido Paris.

O presidente francês Nicolas Sarkozy pediu ao governo que faça todo o possível para encontrar o rastro do avião, anunciou o Palácio do Eliseu, sede da presidência francesa.

"Informado esta manhã da perda de contato com um Airbus A330 da Air France, o presidente da República expressou sua profunda inquietação", afirma um comunicado da presidência.

O aeroporto parisiense criou uma célula de crise durante a manhã.

"A preocupação é muito grande. O avião desapareceu dos monitores de controle há várias horas. Pode ser uma falha técnica dos transponders, mas este tipo de avaria é pouco comum e o avião não pousou às 11H10 como estava previsto", declarou uma fonte aeroportuária mais cedo.

afp/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG