Xangai (China), 6 mai (EFE).- O avião da companhia aérea China Southern Airlines, fretado pelo Governo da China para evacuar seus cidadãos do México, aterrissou hoje em Xangai às 16h35 locais (5h35 de Brasília) com 98 passageiros a bordo e quase oito horas de atraso após uma escala inesperada em Los Angeles devido ao mau tempo.

As 98 pessoas passarão sete dias em quarentena, confirmou à Agência Efe hoje o Comitê para a Prevenção da Gripe em Xangai, criado pelo Governo local.

O avião buscou 78 passageiros na Cidade do México e outros 20 em Tijuana. As bagagens de todos eles foram recolhidas por funcionários do aeroporto que usavam máscaras e luvas.

Os médicos que viajaram no avião garantiram que todos os ocupantes estavam em "condições normais" de saúde, segundo a agência oficial "Xinhua".

A China providenciou este voo após chegar a um acordo com o México para evacuar os cidadãos dos respectivos países.

Ontem, um voo fretado pelo Governo mexicano trouxe de volta ao país 152 cidadãos que estavam em Xangai, Pequim, Cantão e Hong Kong.

No último dia 2, Pequim ordenou suspender os voos diretos da companhia Aeroméxico entre a Cidade do México, Tijuana e Xangai, depois de um jovem mexicano que chegou a Xangai em 30 de abril por uma dessas linhas ter testado positivo para a gripe em Hong Kong.

EFE jad/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.