Avião com 66 pessoas sai da pista sem deixar vítimas no Equador

Um avião Fokker-28 da companhia Icaro com 66 pessoas a bordo saiu da pista no aeroporto de Quito, sem deixar vítimas, quando estava decolando rumo à Amazônia, informaram as autoridades equatorianas, que decretaram a suspensão de todas as operações no terminal.

AFP |

O problema com o avião, que transportava 62 passageiros e quatro tripulantes, aconteceu às 11H30 locais (13H30 de Brasília), provocando o fechamento do aeroporto Mariscal Sucre de Quito, declarou à AFP Mercy Romero, porta-voz da Direção da Aviação Civil (DAC).

"O avião saiu da pista. Felizmente, ninguém ficou ferido, e todos os ocupantes do aparelho já foram evacuados", destacou.

Uma fonte da companhia Icaro dissera mais cedo que 62 pessoas estavam a bordo do avião.

O problema aconteceu quando o aparelho estava tentando decolar rumo à cidade de El Coca, no leste do país.

Fundada em 1972, a companhia Icaro, que só trabalha com vôos nacionais, também tem dois Boeing 737-200.

O único antecedente de acidente da Icaro remonta a abril de 2005, quando um Fokker-28 pousou fora da pista do aeroporto de El Coca. Não houve vítimas.

vel/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG