Avião cai na Rússia e mata todas as 88 pessoas a bordo

Um avião de passageiros caiu neste domingo nas proximidades da cidade de Perm, região central da Rússia, matando as 88 pessoas a bordo, informaram as autoridades russas. O Boeing 737 da Aeroflot-Nord, um braço regional da Aeroflot, vinha de Moscou e se preparava para pousar na cidade siberiana quando perdeu o contato de rádio com a equipe de chão.

BBC Brasil |

Os destroços da aeronave, ainda em chamas, foram encontrados mais tarde nas redondezas de Perm, próxima das montanhas Urais, a 1,2 mil quilômetro da capital russa.

Testemunhas disseram que a aeronave começou a pegar fogo ainda no céu. Parte do aparelho caiu em uma floresta.

Imagens de TV mostraram bombeiros caminhando sobre os destroços e lutando contra o fogo. Eles levaram duas horas para apagar o incêndio.

"O incêndio começou a uma altitude de mil metros. Depois, o contato foi perdido e o avião explodiu", disse o ministro de Segurança regional, Igor Orlov.

Outra fonte russa do Ministério da Emergência disse que "nessas circunstâncias, não existe esperança de que alguém tenha sobrevivido", segundo o correspodente da BBC em Moscou James Rodgers.

Na queda, uma seção da linha de trem que corta a Sibéria, a Transiberiana, foi afetada, ocasionando a suspensão do trecho.

Sete crianças e 21 estrangeiros estavam a bordo - do Azerbaijão, Ucrânia, França, Suíça, Letônia, Estados Unidos, Alemanha, Turquia e Itália, segundo as autoridades russas. Nenhuma fatalidade foi registrada no solo.

Não se sabe ainda a causa do acidente, mas não existem indícios de ataque terrorista, segundo as autoridades.

    Leia tudo sobre: rússia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG