Por Zahra Hosseinian TEERÃ (Reuters) - Ao menos 17 pessoas morreram e 23 ficaram feridas quando um avião de passageiros saiu da pista e bateu em um muro enquanto aterrissava no aeroporto Mashhad no nordeste do Irã nesta sexta-feira, informou a mídia local.

O avião, um Ilyushin Il-62 da empresa Aria Tour saiu da pista e bateu em um muro, informou a televisão estatal.

Havia 153 pessoas a bordo do avião, que fazia o voo Teerã-Mashhad, disse a TV.

A emissora mostrou imagens do avião com sua frente destruída e disse que o acidente ocorreu devido à falha nas rodas dianteiras. A televisão informou que os piloto estava entre os mortos.

Ali Ilkhani, diretor da agência de aviação civil iraniana, disse à televisão estatal que aparentemente o avião tentou aterrissar enquanto voava a velocidade muito alta. Ele disse que 13 dos mortos eram tripulantes, nove deles do Cazaquistão.

Informações anteriores davam conta que o avião havia se incendiado.

Mohammad-Reza Moti, autoridade médica local, disse à agência estatal iraniana Irna que os feridos estão sendo tratado em hospitais em Mashhad, local importante de peregrinação para muçulmanos xiitas. A maioria dos iranianos são xiitas.

"Alguns dos feridos estão em situação crítica", disse.

Sanções norte-americanas impedem a venda de aviões Boeing ao Irã e a compra de outras aeronaves ou partes de países Ocidentais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.