Aviação turca bombardeia alvos de rebeldes curdos no norte do Iraque

A aviação turca bombardeou nesta quinta-feira um grupo de rebeldes turcos no norte do Iraque, depois de um ataque de separatistas do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) que matou seis soldados turcos, anunciou o Estado-Maior.

AFP |

"Um grupo grande de terroristas (denominação oficial dos rebeldes do PKK) localizados perto da fronteira turca, na região de Avasin-Basyan ao norte do Iraque, foram bombardeados com grande intensidade e precisão", afirma um comunicado militar.

Os aviões que participaram no ataque retornaram intactos à base militar, completa a nota.

Os ataques foram uma resposta à explosão de uma mina nesta quinta-feira no sudeste da Turquia, na cidade de Cukurca, na província de Hakkari, perto da fronteira com o Iraque.

A mina, que teria sido colocada no local por rebeldes do PKK (grupo considerado ilegal), explodiu na passagem de uma viatura militar pela estrada próxima da cidade de Cukurca.

A explosão matou seis soldados e deixou oito feridos.

O PKK utiliza com frequência minas, ativadas regularmente a distância, nos ataques contra as forças de segurança turcas.

No dia 29 de abril, nove soldados turcos morreram em um ataque similar.

O PKK, organização classificada como terrorista por Turquia, União Europeia e Estados Unidos, iniciou em 1984 uma campanha armada para obter a autonomia do sudeste turco.

O conflito já provocou 45.000 mortes, segundo o Exército.

BA/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG