Aviação israelense mata seis palestinos na Faixa de Gaza

Seis palestinos, a maioria da mesma família, morreram na madrugada desta sexta-feira em ataques aéreos israelenses contra o norte da Faixa de Gaza, informaram fontes médicas.

AFP |

  • Veja a galeria de fotos do conflito em Gaza
  • Abbas espera que foguetes do Líbano sejam 'fato isolado'
  • Veja o mapa da região do conflito
  • Saiba mais sobre o conflito na Faixa de Gaza
  • Entenda o conflito na Faixa de Gaza entre Israel e Hamas
  • Os acontecimentos desde a retirada israelense em 2005
  • Fala, internauta: tem relatos ou fotos de Gaza? Envie para o Minha Notícia
  • A maioria das vítimas dos ataques, contra Beit Lahiya e Jabaliya, integrava a família Salha, destacaram as mesmas fontes.

    Com mais estes óbitos, chega a 774 o número de palestinos mortos na Faixa de Gaza desde o início da operação militar israelense, em 27 de dezembro passado, segundo contagem da AFP baseada em informações dos serviços de emergência palestinos.

    Os ataques feriram outras 3.200 pessoas na Faixa de Gaza.

    ONU aprova cessar-fogo

    O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou na madrugada desta sexta-feira uma resolução que pede um cessar-fogo imediato das hostilidades em Gaza, seguido por uma retirada das forças israelenses da região. A resolução, esboçada pela Grã-Bretanha, foi aprovada por quatorze dos quinze membros do órgão.

    O governo dos Estados Unidos, tradicional aliado de Israel, preferiu se abster da votação, embora a secretária de Estado, Condoleezza Rice, tenha classificado a resolução como "um passo à frente".

    Ela afirmou que, no entanto, os EUA preferem esperar os resultados da mediação egípcia no conflito.

    O texto da resolução também solicita o livre acesso de agências de auxílio humanitário a Gaza e pede que os países-membros intensifiquem os esforços para fazer com que se alcance uma trégua duradoura.

    Entre as medidas para isto, segundo o texto, está o combate ao contrabando de armas na fronteira de Gaza.

    Este foi o primeiro ato do CS desde o início da ofensiva israelense, em 27 de dezembro.

    14º dia de bombardeios

    Leia também

    Vídeos

    Opinião




      Leia tudo sobre: faixa de gaza

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG