Aviação de Israel bombardeia túneis do Hamas: dois mortos e 22 feridos

A aviação de Israel bombardeou neste domingo mais de 40 túneis no sul da Faixa de Gaza, com um saldo de dois palestinos mortos e 22 feridos, com o objetivo de impedir que o Hamas receba armas.

AFP |

As aeronaves israelenses lançaram 20 bombas ao longo da fronteira com o Egito, que tem quase 200 túneis, segundo o Exército hebreu, que permitem a passagem para Gaza de combustíveis e produtos diversos. Ao Hamas permite romper o bloqueio de Gaza e seguir conectado com o mundo exterior.

"A Aeronáutica atacou mais de 40 túneis, pelo lado palestino da fronteira", confirmou a porta-voz do Exército, Avital Leibovitz.

"Acreditamos que os túneis estão sendo utilizados para o contrabando de armas, de explosivos e, às vezes, de pessoas que são enviadas a países da região para treinamento de missões terroristas", justificou, em uma referência ao Irã.

Segundo o Exército israelense, o Hamas conseguiu introduzir em Gaza, desde que assumiu o controle da Faixa de Gaza à força em junho de 2007, mais de 100 toneladas de explosivos e foguetes de longo alcance, que os radicais lançaram neste domingo contra Israel.

my-mel/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG