Avanço da gripe força Mumbai a fechar locais públicos por 7 dias

Nova Délhi, 12 ago (EFE).- As autoridades da Índia ordenaram o fechamento das instituições educativas e locais públicos da capital financeira, Mumbai (antiga Bombaim), durante uma semana para conter o avanço da nova gripe, que já matou 15 pessoas no país.

EFE |

Segundo uma fonte oficial, citada pela agência de notícias "Ians", o Governo da região de Maharashtra, onde houve a maioria das mortes e cuja capital é Mumbai, ordenou o fechamento dos pontos públicos de amanhã até o próximo dia 20.

"O Governo ordenou o fechamento de todas as escolas, universidades e outras instituições educativas na cidade a partir de amanhã. Os shoppings, teatros e cinemas ficarão fechados por três dias como precaução", disse a fonte.

Muitas escolas particulares da região, onde aconteceram 11 mortes pela gripe, já tinham tomado a decisão de fechar hoje e amanhã.

No entanto, ainda não se sabe se os estabelecimentos comerciais e as empresas continuarão funcionando com normalidade nos próximos sete dias ou se acatarão a medida, como informa a "Ians". EFE mb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG