Avalanches nos Alpes austríacos matam 12 pessoas em 1 semana

Viena, 8 fev (EFE).- Uma série de avalanches registradas nos últimos sete dias matou pelo menos 12 esquiadores nos Alpes austríacos, informaram as autoridades.

EFE |

Segundo os meteorologistas, as diferentes camadas de neve que foram caindo não se solidificaram e ficaram mais instáveis que normal, já que primeiro nevou pouco e, depois, muito mais.

Esse processo, ainda de acordo com especialistas, aumenta consideravelmente a probabilidade de os esquiadores que saem das pistas vigiadas provocarem avalanches.

A mais recente vítima dos deslizamentos de neve foi um turista alemão. Ele morreu na madrugada de hoje, em um hospital de Innsbruck, após ter sido arrastado por cerca de 300 metros.

O homem foi achado no domingo, na região de Brunnkogel, mas morreu pouco depois de ser resgatado.

Ontem, dois esquiadores austríacos também perderam a vida nas montanhas, um no estado federado de Caríntia e outro em Estíria.

Nos últimos dias, ocorreram outras nove mortes nos estados de Vorarlberg, Salzburgo, Alta Áustria e Baixa Áustria. Na maioria das vezes, as vítimas eram esquiadores que saíram das pistas. EFE jk/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG