Avalanche fecha túnel e mata ao menos seis no Afeganistão

Por Hamid Shalizi CABUL (Reuters) - Centenas de pessoas estavam presas dentro de um túnel numa montanha atingida por uma avalanche no Afeganistão na terça-feira e autoridades disseram que pelo menos seis pessoas morreram.

Reuters |

Passageiros presos na passagem de Salang, principal rota para atravessar as montanhas Hindu Kush, disseram por telefone que estão congelando até morrer e sendo sufocados pela fumaça dos carros. Eles também disseram ter visto carros cheios de cadáveres ao longo da noite.

Dias de fortes nevascas provocaram avalanches que fecharam o túnel de 2,6 quilômetros, que liga a capital Cabul ao norte do país.

O Ministério da Defesa disse em comunicado que há a confirmação da morte de seis pessoas e que outras 40 estavam feridas.

"Vi cinco corpos de pessoas mortas num carro estacionado atrás da gente, e até agora o governo não fez o bastante para salvar as nossas vidas", disse Qazi Azhar, um juiz afegão, à Reuters por telefone celular.

As fortes nevascas e as chuvas também provocaram enchentes no sul do país. O porta-voz do governo da província de Candahar, Zalmay Ayoubi, disse que seis pessoas morreram e 10 estavam desaparecidas como resultado das enchentes.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG