Um total de 100 pessoas podem ter sido sepultadas por um deslizamento de lama provocado pelo tufão Morakot em um povoado no sul de Taiwan, informaram os serviços de resgate.

"Uma centena de pessoas podem ter sido enterradas vivas", afirma um comunicado da agência nacional de socorros, que coordena as operações.

A imprensa taiwanesa já anunciaram que mais de 600 pessoas poderiam estar sepultadas no povoado de Hsiaolin, condado de Kaohsiung (sul), mas as autoridades não confirmaram o número.

Na segunda-feira, 71 moradores foram retirados da área de helicóptero e outros sete nesta terça-feira.

A agência nacional de socorros não revelou como elaborou a estimativa de pessoas sepultadas, já que todos os contatos com o povoado estão cortados pela torrente de lama, que cobriu estradas e pontes.

Desde a noite de sexta-feira, as inundações provocadas pela passagem do tufão Morakot por Taiwan deixaram pelo menos 38 mirtos, 35 feridos e 62 desaparecidos, segundo um balanço oficial.

Na China, o Morakot, reduzido na segunda-feira a tempestade tropical, deixou oficialmente seis mortos e três desaparecidos.

cty/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.