Assunção, 22 abr (EFE).- As autoridades sanitárias do Paraguai descartaram hoje a primeira morte em decorrência da gripe A neste ano no país, como tinha informado um hospital de Ciudad del Este, na fronteira com o Brasil.

O vice-ministro de Saúde paraguaio, Edgar Giménez, informou que, por enquanto, não foi confirmado que a morte de um homem de 48 anos hoje no leste do país por uma infecção respiratória tenha sido provocada por uma variante mais severa do vírus A(H1N1).

"O caso foi reportado ontem e até o momento não foi confirmado", insistiu Giménez. EFE rg/pd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.