Moscou, 10 abr (EFE).- Ao todo, 96 pessoas morreram neste sábado na catástrofe aérea que matou também o presidente da Polônia, Lech Kaczynski, informou o Ministério de Situações de Emergência da Rússia.

"Estavam a bordo do avião Tupolev-154, que caiu perto de Smolensk, 96 pessoas, incluindo 88 integrantes da delegação polonesa", que liderava Kaczynski, disse um porta-voz do Ministério à televisão russa. EFE se/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.