Autoridades revisam para 71 os mortos no acidente com o Boeing no Quirguistão

Setenta e uma pessoas morreram no acidente com um Boeing-737 que caiu neste domingo pouco depois de decolar perto do aeroporto de Biskek, capita do Quirguistão, anunciou à AFP um porta-voz do ministério da Saúde, que anteriormente havia mencionado a cifra de 87 pessoas.

AFP |

"Segundo as primeiras informações, 71 pessoas morreram e mais de 10 foram hospitalizadas no Instituto de Traumatologia, duas delas em estado muito grave", declarou por telefone Elena Baialinova, porta-voz do ministério, que citou o ministro Marat Mambetov.

Anteriormente, um porta-voz da Aviação Civil, Alexandre Axionov, afirmou à AFP que pelo menos 34 pessoas havia sobrevivido.

O Boeing-737, com mais de 90 passageiros a bordo, caiu neste domingo pouco tempo depois de decolar do aeroporto de Biskek, a capital do Quirguistão, informaron fontes oficiais.

A aeronave, da companhia local Itek Air, voava para Moscou quando caiu, não muito longe do aeroporto Manas da capital, disse a uma emissora de rádio local Alexander Aksyonov, da agência de aviação civil do Quirguistão.

A agência de notícias local informou pouco antes que o vôo tinha como destino o Irã.

str-cml/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG