Porto Príncipe, 19 ago (EFE).- As autoridades de socorro do Haiti confirmaram hoje à Efe que já recuperaram quatro cadáveres de vítimas do acidente sofrido por um ônibus que foi arrastado pela cheia de um rio, causada pela tempestade Fay.

Pelo menos 40 pessoas desapareceram nesse acidente, ocorrido no domingo, na zona sudoeste do país.

Hoje foram recuperados os corpos de um adulto e uma criança, que se somam a outros dois, também de um adulto e um menor, achados na segunda-feira, disse Sylvera Guillaume, chefe de Defesa Civil do Departamento do Sudoeste.

"A Polícia, a Cruz Vermelha e a Defesa Civil se encontram trabalhando ativamente junto às autoridades locais de Beaumont (sudoeste) para localizar mais vítimas", afirmou o funcionário.

Os cadáveres encontrados esta segunda-feira correspondem a Franciou Plaisir, de quatro anos, e Salnave Sanon, de 43, e os de hoje ainda não puderam ser identificados.

Guillaume reiterou que as autoridades de socorro calculam que pelo menos 40 pessoas permanecem desaparecidas após o acidente, ocorrido quando o ônibus tentou atravessar o rio Glace, que havia enchido devido às chuvas provocadas pela tempestade "Fay".

As autoridades haitianas, no entanto, qualificam a tragédia como um acidente de trânsito, e mantêm em sete o número de vítimas mortais provocadas pelo "Fay" em sua passagem pelo país.

Defesa Civil informou esta segunda-feira que pelo menos 28 pessoas sobreviveram ao acidente do ônibus, que receberam alta após serem atendidas.

"A Polícia de Beaumont está à frente das investigações, para determinar as causas precisas do acidente", disse Guillaume. EFE gp/gs

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.