Autoridades iraquianas entregam corpo que pode ser de refém

Autoridades iraquianas receberam um corpo que acreditam ser de um dos cinco britânicos sequestrados em maio de 2007, disse nesta quarta-feira o ministro britânico das Relações Exteriores David Miliband.

AFP |

"As autoridades iraquianas receberam hoje cedo um corpo que eles acreditam, sem poder confirmar no momento, que seja o de um dos reféns britânicos capturados em Bagdá no dia 29 de maio de 2007", indicou Miliband em um comunicado.

"As autoridades iraquianas entregaram o corpo aos representantes britânicos esta tarde. Não podemos confirmar ainda definitivamente nem se estes são os restos de um dos reféns, nem de quem são," disse Miliband, acrescentando que especialistas britânicos em Bagdá realizarão exames para identificar o corpo.

Um porta-voz do primeiro-ministro Gordon Brown indicou que o chefe de governo estava "profundamente entristecido que mais um corpo, que as autoridades iraquianas acreditam ser o de um dos reféns britânicos capturados em 2007, tenha sido entregue à embaixada britânica em Bagdá".

"Um processo está em andamento para estabelecer de maneira urgente a sua identidade", revelou essa fonte.

Peter Moore, consultor a serviço da empresa americana BearingPoint, foi sequestrado com seus quatro seguranças britânicos por 40 homens vestindo uniformes da polícia, no Ministério das Finanças em Bagdá, no dia 29 de maio de 2007.

Em junho, dois corpos foram entregues aos britânicos e identificados mais tarde como os dos seguranças Jason Creswell, 39 anos, de Glasgow (Escócia), e Jason Swindlehurst, 38 anos, de Skelmersdale (noroeste da Inglaterra).

Em julho, Gordon Brown havia indicado que os dois outros guarda-costas estavam "muito provavelmente" mortos, considerando que o último refém ainda estava vivo.

gj/dm/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG