Autoridades inauguram nova sede da embaixada americana em Bagdá

Bagdá, 5 jan (EFE).- Autoridades iraquianas e americanas inauguraram hoje a nova sede da Embaixada dos Estados Unidos em Bagdá, uma das maiores do mundo, em cerimônia realizada em meio a estritas medidas de segurança.

EFE |

No início do ato, assistido pelo presidente iraquiano, Jalal Talabani, foi içada a bandeira dos EUA diante da porta interna do edifício, localizado na Zona Verde - altamente protegida -, no coração da capital.

Em discurso, o embaixador americano no Iraque, Ryan Crocker, disse que seu país respeitará o acordo de segurança assinado com o Iraque, que permite a permanência das tropas americanas no país árabe até o final de 2011.

Além disso, reiterou o compromisso dos Estados Unidos em ajudar as tropas iraquianas a implementar sua responsabilidade militar e de segurança.

"Nossas relações conjuntas continuarão através da aplicação das cláusulas do acordo de segurança e da estratégia, através dos quais o Iraque iniciou uma nova época de suas relações conosco", acrescentou Crocker.

Talabani afirmou que "o novo edifício da embaixada americana não é considerado apenas uma sede do Governo dos EUA, mas, além disso, uma expressão da amizade conjunta entre ambos os Governos e ambos os povos".

Segundo fontes americanas no Iraque, a nova sede custou cerca de US$ 750 milhões e inclui 27 edifícios separados e uma residência, cujos tetos e paredes estão protegidos das explosões.

A embaixada possuirá mais de 4 mil funcionários e empregados administrativos, segundo as fontes.

A segurança da Zona Verde, onde se encontra a embaixada, foi transferida em 1º de janeiro às forças iraquianas, de acordo com o pacto de segurança que entrou em vigor este mês. EFE sj/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG