Autoridades evacuam 20 mil pessoas por risco de lagos transbordarem na China

Pequim, 27 jun (EFE).- Cerca de 20 mil pessoas foram evacuadas na localidade chinesa de Dujiangyan diante da ameaça de transbordamento de três lagos formados após o terremoto de 12 de maio na província de Sichuan, no sudoeste da China, informou hoje a agência oficial Xinhua.

EFE |

Esta medida foi adotada nesta quinta-feira, após autoridades locais advertirem do perigo de inundações no verão (hemisfério norte), que, acrescentaram, poderiam ser as piores da última década.

O perigo de inundações na zona aumenta devido às chuvas registradas em Sichuan em maio e junho, entre 30% e 70% a mais que no mesmo período de 2007, detalhou a Estação Meteorológica da China.

Por isso, a situação não é perigosa só em Dujiangyan, mas em várias áreas de Sichuan.

Assim, a ameaça de inundações afeta 10 milhões de sobreviventes do devastador terremoto de 12 de maio, de 8 graus na escala Richter.

"Caso ocorram as inundações, os alojamentos instalados temporariamente para os sobreviventes do terremoto que perderam suas casas ficarão alagados", alertaram funcionários das Prefeituras de Aba e Qiang, onde fica o distrito de Wenchuan, local do epicentro do terremoto.

Segundo os números mais recentes apresentados pelas autoridades responsáveis pelo controle de inundações, o terremoto provocou a formação de 34 lagos e danificou 1.803 açudes e pântanos em Sichuan.

EFE ub/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG