Um barco venezuelano com 2,5 toneladas de cocaína a bordo foi interceptado em alto-mar no Atlântico e cinco venezuelanos foram detidos, por uma unidade especial da polícia espanhola durante uma operação contra o tráfico, informou nesta terça-feira o ministério do Interior.

A embarcação "Rio Manzanares", com bandeira da Venezuela, transportava 80 pacotes de cocaína e esperava para entregar a droga a "um navio controlado por uma organização de narcotraficantes espanhóis" quando foi parada, segundo um comunicado do ministério.

Os cinco membros da tripulação, todos venezuelanos, foram detidos a bordo. Atualmente o barco está sendo escoltado para o arquipélago espanhol das Canárias, no Atlântico a oeste de Marrocos.

A Espanha é a principal porta de entrada na Europa de cocaína proveniente da América Latina.

ot/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.