confusão e número de mortos na Madeira cai para 39 - Mundo - iG" /

Autoridades esclarecem confusão e número de mortos na Madeira cai para 39

Funchal (Portugal), 24 fev (EFE).- O Governo da ilha da Madeira esclareceu a confusão sobre o número de mortos nas enchentes de sábado e admitiu que as 42 mortes anunciadas no domingo são uma estimativa, mas só há 39 corpos no necrotério.

EFE |

A imprensa portuguesa já tinha acusado o Governo regional, que se mostrou preocupado com as consequências da tragédia para o turismo, de tentar ocultar a magnitude do desastre ao não elevar o número de vítimas, mesmo com o anúncio de várias autoridades sobre a aparição de mais corpos na segunda e terça-feira.

Mas a secretária de Turismo e Transportes do arquipélago português, Conceição Estudante, que ontem lamentou as diferenças sobre o número de vítimas, admitiu hoje que os 42 mortos anunciados no domingo eram uma estimativa que se mantém porque há vítimas que ainda não puderam ser resgatadas.

Além disso, o número de desaparecidos, que diminuiu na segunda-feira e voltou a subir na terça-feira, se mantém hoje em 18 e apenas "alguns deles" não estão incluídos no cálculo dos 42, disse a secretária.

Milhares de pessoas vindas do continente trabalham nos trabalhos de limpeza e busca de vítimas na ilha, assolada pelas enchentes que no sábado arrastaram pessoas, automóveis e casas inteiras. Entre essas pessoas, estão operários públicos, bombeiros, policiais, soldados e voluntários. EFE atc/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG