Autoridades dos EUA investigam se piloto bateu avião em prédio intencionalmente

Autoridades dos Estados Unidos acreditam que o piloto do avião de pequeno porte que bateu em um edifício nesta quinta-feira em Austin, no Texas, pode ter agido intencionalmente. Segundo oficiais ouvidos pela rede CNN, o piloto teria incendiado sua própria casa e roubado o avião antes de atingir o prédio de escritórios.

iG São Paulo |

AP
Bombeiros controlam fogo em edifício de Austin

Bombeiros controlam fogo em edifício de Austin

Segundo a agência Associated Press, oficiais estão investigando se o piloto tinha como objetivo atingir um escritório da Receita Federal dos EUA que está localizado no prédio de sete andares.

Como precaução, o Comando Americano de Defesa Aeroespacial (NORAD, na sigla em inglês) ordenou que dois caças F-16 da base aérea de Allington Field, em Houston, patrulhassem o espaço aéreo da região.

Os bombeiros afirmaram que duas pessoas foram levadas ao hospital e uma está desaparecida. Acredita-se que todos os demais funcionários tenham conseguido sair do local em segurança.

O edifício, onde funcionam escritórios, está localizado em uma das principais estradas da cidade.

Com AP

Leia mais sobre acidente aéreo

    Leia tudo sobre: eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG