Um pequeno avião se chocou nesta quinta-feira contra a sede do Serviço Interno de Receita Federal dos Estados Unidos em Austin, no Texas e as autoridades americanas estão investigando se o ataque foi deliberado. O piloto do monomotor foi identificado como Joseph Andew Stack e as autoridades também estão investigando informações de que ele teria incendiado a própria casa antes de decolar.

Em uma entrevista coletiva depois do incidente, o chefe da polícia de Austin afirmou que foi incidente isolado e a possibilidade de terrorismo foi descartada.

Em uma declaração a Casa Branca também informou que o choque do avião contra o prédio não parece ser um ato de terrorismo.

De acordo com a correspondente da BBC Madeleine Morris o avião modelo Piper Cherokee atingiu o prédio de sete andares logo depois do horário do rush da manhã em Austin, causando uma grande explosão que, de acordo com testemunhas, pode ser ouvida a uma distância de várias quadras.

Duas pessoas foram levadas para o hospital local e uma ainda está desaparecida, de acordo com informações dos bombeiros, e o incêndio causado pelo choque foi controlado. A maioria dos funcionários foi retirada do prédio.

Carta
Um site americano publicou o que parece ser a carta de suicídio do homem que teria jogado o monomotor contra o prédio. Nesta carta o suspeito atacaria as autoridades da Receita Federal americana.

No entanto ainda não foi possível confirmar a autenticidade da carta ou mesmo sua autoria.

O porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, afirmou que o presidente Barack Obama já tinha sido informado do incidente em Austin e o Departamento de Segurança Nacional americano está investigando o incidente.

Dois caças F-16 foram enviados de Houston para Austin depois do choque do avião para patrulhar a área.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.