Autoridades do Zimbábue iniciam verificação de resultados eleitorais

Harare, 1 mai (EFE).- As autoridades eleitorais do Zimbábue iniciaram hoje o processo de verificação dos resultados das eleições presidenciais de 29 de março, que será acompanhado por representantes dos partidos políticos participantes.

EFE |

As partes estão convocadas a partir das 14h (9h, horário de Brasília) em um centro de conferências desta capital, afirma o convite feito na véspera pela Comissão Eleitoral.

As autoridades dizem que, quando ficar completada esta verificação de informação será divulgado o resultado final das eleições presidenciais.

A idéia é que durante este processo os candidatos presidenciais, ou seus representantes, comparem seus próprios números obtidos nas cerca de 9 mil urnas que foram usadas no dia 29 de março.

Segundo o vice-chefe eleitoral, Utoile Silaigwana, é possível que as informações da apuração não sejam conhecidas em menos de uma semana. "O processo poderá levar até uma semana, pois é possível que surjam disputadas", declarou ontem Silaigwana.

O opositor Movimento para a Mudança Democrática (MDC, em inglês) afirma que seu candidato presidencial, Morgan Tsvangirai, obteve 50,3% dos votos, e Robert Mugabe, no poder desde 1980, 43,8%.

As informações não têm confirmação oficial, e o regime de Mugabe diz que será necessário um segundo turno, pois nenhum dos candidatos alcançou mais da metade dos votos. EFE sk/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG