Autoridades do Texas querem recuperar guarda de 8 crianças de seita

Washington, 18 ago (EFE) - As autoridades do Texas entraram com um pedido hoje para recuperar a guarda de oito dos menores que foram resgatados de uma seita poligâmica desse estado, perante a suspeita de que poderiam estar em contato com adultos que mantiveram sexo com crianças.

EFE |

Segundo a imprensa local, o Departamento de Proteção Infantil baseia o argumento em que as quatro mães destas crianças se negaram a perder o contato com alguns dos homens envolvidos em casamentos com meninas menores de idade.

"Continuamos estando preocupados com estas oito crianças - com idades compreendidas entre 5 e 17 anos -, portanto solicitamos à juíza que revise o caso", afirmou a porta-voz dos Serviços de Proteção ao Menor, Marleigh Meisner.

Em 4 de abril, as autoridades entraram à força em um rancho em El Dorado (Texas) da Igreja Fundamentalista de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (FLDS, em inglês), onde, segundo as autoridades, os casamentos com adolescentes eram forçados.

Na operação policial foram resgatados 460 menores, que ficaram sob a tutela do estado, perante o risco que se estivesse havendo abusos sexuais infantis.

No final de maio, a Corte Suprema do Texas decidiu que os menores deveriam voltar a viver com os pais, com o argumento de que o Serviço de Proteção ao Menor tinha ultrapassado suas competências, apesar de nenhuma das crianças ter voltado ao rancho. EFE ag/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG