Autoridades do Sudão investigam queda do avião

Autoridades sudanesas começaram a investigar as causas do acidente com o avião da companhia aérea Sudan Airways, que pegou fogo na terça-feira ao pousar e bater na pista do aeroporto de Cartum, causando a morte de pelo menos 28 pessoas. Testemunhas contaram ter visto mais corpos queimados serem retirados das ferragens nesta quarta-feira de manhã.

BBC Brasil |

Os detalhes sobre o acidente com o avião, que transportava mais de 200 pessoas, permanecem confusos.

Segundo informações do governo sudanês, a aeronave decolou de Amã, na Jordânia, e fez escala em Damasco, na Síria. A maioria dos passageiros eram sudaneses.

A Autoridade da Aviação Civil afirma que o avião pousou em Cartum apesar das más condições de tempo, depois de um rápido desvio para Port Sudan.

Segundo a Autoridade, o piloto estava estacionando a aeronave quando um dos motores pegou fogo.

Testemunhas disseram que o piloto pousou mal e teve que frear bruscamente o avião na pista.

Especialistas acreditam que isso poderia ter causado a explosão de uma das turbinas, causando o incêndio.

Segundo a Autoridade da Aviação Civil, 113 pessoas sobreviveram ao acidente e 50 ou 60 permanecem desaparecidas.

    Leia tudo sobre: sudão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG