Tamanho do texto

Katmandu, 17 abr (EFE).- Mais de 500 manifestantes pró-Tibete foram detidos hoje em Katmandu, no Nepal, onde foram realizados dois protestos contra as autoridades chinesas.

Os ativistas protestaram diante da sede da ONU e da embaixada chinesa no Nepal, e o número de detidos é o maior desde que começaram os protestos no país.

O Nepal controla de forma enérgica as atividades e manifestações contra o Governo chinês dentro de seu território.

As detenções de hoje coincidem com a passagem da chama olímpica pela Índia, onde cerca de 100 tibetanos foram detidos também. EFE ms/rr/fb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.