Autoridades dizem que treinador da escola nos EUA foi morto por ex-jogador

PARKERSBURG - Um treinador de ensino médio, que ajudou a lançar a carreira de diversos jogadores de futebol americano profissionais, foi morto por um ex-jogador, na manhã desta quarta-feira, na frente de estudantes que estavam treinando, disseram autoridades.

Redação com agências internacionais |

Getty Images
Pessoas prestam homenagem a treinador
Mark Becker, supostamente, havia sido perseguido pela polícia no sábado à noite e deveria ter sido encaminhado a um hospital psiquiátrico. O garoto entrou disparou vários tiros no treinador da escola Aplington-Parkersburg, Ed Thomas e foi preso próximo a uma casa, após os disparos, disse Kevin Winker, diretor assistente da Divisão de Investigação Criminal de Iowa.

Winker disse que não podia discutir sobre o possível motivo que levou Becker a atirar em Thomas, ou o que ele teria feito nos dias que antecederam o assassinato.

A escola não estava em período letivo e Becker não ameaçou nenhum dos estudantes da sala, acrescentou.

O treinador Ed Thomas, que morreu aos 58 anos da idade, havia recebido da NFL (liga profissional de futebol americano) o prêmio de melhor treinador do ensino médio em 2005. Thomas foi técnico de diversos jogadores que atualmente jogam na NFL.

O governador do Estado de Iowa, Chet Culver, que também já atuou como treinador de futebol americano em escolas de ensino médio, afirmou que ficou "chocado e entristecido com a morte de Thomas".

"O grupo de treinadores do Estado e da nação sofreu uma grande perda", disse o governador, em um comunicado. "Espero que possamos continuar aprendendo com seu exemplo."


(Com informações da AP e da BBC )

Leia mais sobre assassinato

    Leia tudo sobre: assassinatodisparoeuatiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG