Autoridades detêm na Colômbia líder das redes urbanas das Farc

Bogotá, 10 fev (EFE).- As autoridades colombianas detiveram o suposto ideólogo e líder das redes urbanas da frente das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) que atua na fronteira sul do país com o Equador, informaram hoje em Bogotá fontes militares.

EFE |

Jesús Antonio García Largo, de 51 anos, foi detido durante uma operação conjunta da Marinha, do Exército, da Polícia e de órgãos de inteligência em Piñuña Negra, em Puerto Leguízamo, Putumayo.

A Marinha Nacional informou que "Chucho Mapurilla", apelido de García Largo, tinha uma trajetória de 35 anos nas Farc, a maioria deles na frente 48.

Ele era o "homem de confiança" do vice-líder dessa frente, "Rubín Castañeda", acrescentou a fonte, que disse que "em muitas ocasiões recebeu ordens diretas" de "Raúl Reyes", porta-voz internacional da organização que morreu em 1º de março de 2008 durante um bombardeio colombiano ao acampamento nas selvas do norte do Equador. EFE jgh/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG