Tamanho do texto

Bagdá, 23 jul (EFE).- Pelo menos 82 supostos rebeldes foram detidos nas últimas 24 horas pelas autoridades iraquianas em várias operações em Bagdá e Hilla, ao sul da capital, informou hoje a agência de notícias Asuat al-Iraq.

Uma fonte militar, citada pela agência, disse que o Exército iraquiano, em colaboração com a Polícia e as tropas americanas, deteve hoje 50 pessoas em várias operações em Hasua e no povoado de Asariya, cerca de 50 quilômetros ao norte de Hilla.

As fontes agregaram que as forças de segurança também apreenderam um arsenal de cerca de 300 armas.

As batidas aconteceram em uma grande operação militar, denominada Assalto dos cavalheiros, contra os rebeldes assentados na zona e deve se prolongar por mais dois dias.

As autoridades iraquianas decretaram hoje toque de recolher na cidade de Hilla, capital da província de Babel.

Por outro lado, em Bagdá, fontes do centro de operações da capital disseram à "Asuat al-Iraq" que soldados e policiais iraquianos detiveram 32 supostos insurgentes em uma operação de segurança vigente na capital e arredores.

Segundo as fontes, as forças de segurança também desativaram 13 artefatos explosivos e apreenderam várias armas. EFE ah/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.