Autoridades decretam toque de recolher em Baquba após ataque a governador

Bagdá, 12 ago (EFE).- As autoridades iraquianas decretaram hoje o toque de recolher indefinido em Baquba, capital da província de Diyala, no leste do Iraque, após uma tentativa de assassinato contra o governador da região, no qual três pessoas morreram.

EFE |

Segundo fontes policiais informaram à Agência Efe, um suicida que estava com um cinto de explosivos se dirigiu contra o comboio no qual viajava o governador, Ra'ad al-Tamimi, e detonou sua carga.

O governador saiu ileso do atentado, mas três seguranças morreram e outros seis ficaram feridos no ataque.

"As autoridades decidiram impor um toque de recolher total na cidade até novo aviso", disse o comandante das forças de infantaria na província, general Ali Ghaidan.

O ataque suicida é o segundo deste tipo em Baquba em menos de 24 horas, depois que, na segunda-feira, uma mulher suicida explodiu sua carga na delegacia da cidade, deixando um morto e 17 feridos.

Estes ataques ocorrem apesar do grande dispositivo militar que neste momento está mobilizado nesta conflituosa província, na qual convivem curdos, xiitas e sunitas. EFE ah/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG