Autoridades de Galápagos tomam precauções contra gripe suína

Quito, 29 abr (EFE).- As autoridades do arquipélago equatoriano de Galápagos anunciaram hoje que decidiram tomar medidas preventivas nos portos e aeroportos de acesso às ilhas para evitar a possibilidade da entrada do vírus da gripe suína.

EFE |

Em comunicado, o Parque Nacional Galápagos indica que, entre as medidas adotadas, está a obrigatoriedade do uso de luvas e máscaras cirúrgicas para todo o pessoal que trabalha nos portos e aeroportos das ilhas.

Também obriga a implementação de área de passagem com desinfetantes nas salas de chegada dos aeroportos, e píeres de embarque e desembarque de passageiros.

Além disso, o parque indicou que as salas de chegada dos aeroportos serão fumigadas com desinfetante na chegada de cada voo e que os resíduos de todo tipo dos aviões não poderão desembarcar.

As medidas também indicam que todos os passageiros que chegarem até as ilhas deverão desinfetar as mãos com álcool 75%, antes da saída da sala de desembarque dos aeroportos.

Segundo o boletim, as medidas "foram tomadas considerando a grande quantidade de turistas que chegam a Galápagos, cuja viagem pode ter sido originada em países onde foram reportados casos de gripe suína". EFE ic/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG