Autoridades de Bogotá descobrem 120 morteiros escondidos pelas Farc

Bogotá, 30 out (EFE).- As autoridades de Bogotá descobriram 120 morteiros que aparentemente pertencem às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em uma região rural do leste da cidade, informaram hoje fontes policiais locais.

EFE |

O arsenal de guerra estava escondido nas montanhas de Usme, na capital colombiana, segundo o comandante da Polícia Metropolitana, o general Rodolfo Palomino.

O oficial explicou à imprensa que a descoberta do material ocorreu na quarta-feira, através de uma investigação conjunta dos serviços policiais de inteligência e de luta contra a extorsão e o seqüestro. A operação não resultou em detenções.

"São artefatos com os quais facilmente se podem cometer atentados terroristas à distância", afirmou o general.

Palomino disse que no esconderijo foram encontrados panfletos do Bloco Oriental das Farc.

Segundo o chefe policial, os morteiros tinham como destino as frentes ou facções rebeldes que atuam na cidade, no departamento de Cundinamarca e nas regiões vizinhas de Meta e Tolima.

A descoberta da última quarta-feira é a segunda deste tipo de armas registrada no país nos últimos dias, depois do recente confisco de 39 morteiros nos Farallones de Cali, que foram encontrados por um batalhão militar. EFE jgh/ab/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG