Autoridades da Venezuela prendem dono de TV opositora

CARACAS (Reuters) - Policiais venezuelanos prenderam na quinta-feira o dono e presidente do canal opositor Globovisión, Guillermo Zuloaga, a quem o Legislativo pediu para investigar devido a uma suposta declaração tendenciosa contra o governo numa reunião da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP).

Reuters |

Zuloaga, que enfrentou investigações anteriores, estava no aeroporto Josefa Camejo, em Punto Fijo, no Estado de Falcón, onde embarcaria para Bonaire para passaria o feriado da Semana Santa.

"Se apresentou um senhor que disse ser da DIM (polícia militar) e que tinha uma ordem de prisão contra mim. Nem sequer me deixam regressar a Caracas no meu próprio avião, e sim que tenho que esperar um avião para me levar com eles", disse Zuloaga por telefone à Globovisión.

"Não tenho nenhuma intenção de deixar a Venezuela", completou.

A promotora geral da República Luisa Ortega Díaz confirmou que existe uma ordem de prisão contra o empresário.

(Por Eyanir Chinea)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG