Autoridades confirmam vitória da oposição em legislativas na Nova Zelândia

Sydney (Austrália), 8 nov (EFE).- O conservador Partido Nacional de John Key obteve hoje a vitória nas eleições ao Parlamento da Nova Zelândia, com uma maioria suficiente, mas não absoluta, sobre o Partido Trabalhista, informou a Comissão Eleitoral.

EFE |

Com 99,9% dos votos apurados, a oposição obteve 45% do apoio, frente aos 33% do Partido Trabalhista da atual primeira-ministra, Helen Clark, no poder desde 1999 e que parabenizou o adversário pela vitória.

O ministro da Defesa e dirigente trabalhista, Phil Goff, já havia reconhecido a derrota e afirmado que o Partido Nacional está em condições de formar Governo com o apoio de aliados minoritários.

Sobre a distribuição de cadeiras, os conservadores terão 59 dos 122 assentos do Parlamento unicameral, a apenas três da maioria absoluta, enquanto os trabalhistas conseguem 43 e o Partido Verde, aliado de Clark, ficam com oito legisladores.

Key formará Governo com as forças minoritárias direitistas ACT e Futuro Unido, que conseguiram cinco e uma cadeiras, respectivamente, e integrarão um Executivo de coalizão apoiado por 125 deputados.

Antes das eleições, todas as pesquisas de opinião apontavam Key como favorito a respeito de Clark, que teve sua imagem prejudicada nos últimos meses pela recessão econômica que atingiu a Nova Zelândia pela primeira vez em uma década. EFE mg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG