BOGOTÁ - Forças militares colombianas confirmaram hoje a morte de Aicardo de Jesús Agudelo Rodríguez, conhecido como El Paisa, chefe da frente 34 das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

O guerrilheiro, de 52 anos, morreu em um bombardeio realizado na manhã de domingo, em uma operação conjunta entre a polícia e as forças aéreas do país.

A operação, similar àquela que, em 1º de março, culminou na morte do número dois das Farc, Raúl Reyes, ocorreu em uma zona rural do povoado de Vigía del Fuerte, no departamento de Choco, leste do país.

"El Paisa" -- apelido que remete ao nome dado a quem nasce no departamento de Antioquia, como ele -- havia sido condenado a 40 anos de prisão e era procurado pelo seqüestro e posterior assassinato, em cativeiro, do ex-governador do departamento de Antioquia Guillermo Gaviria, do ex-ministro Gilberto Echeverry e de oito militares.

As mortes ocorreram em 2003. Autoridades colombianas ofereciam US$ 500 mil por sua captura.

Leia mais sobre Farc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.