Autoridades confirmam 9 mortos no acidente do metrô de Washington

Washington, 23 jun (EFE).- A porta-voz do metrô de Washington, Candace Smith, confirmou hoje que, até agora, nove cadáveres foram encontrados entre os escombros dos vagões acidentados nesta segunda-feira.

EFE |

A porta-voz informou que o número é superior ao de sete mortos comunicado hoje cedo pelo prefeito da capital americana, Adrian Fenty.

Além dos falecidos, há seis feridos, dois deles em estado grave.

O número definitivo de mortos pode aumentar, já que as equipes de bombeiros continuam trabalhando para verificar se há mais vítimas presas nas ferragens.

Das nove vítimas, disse a porta-voz do metrô, duas são homens e sete são mulheres, incluindo a condutora de um dos trens que colidiram.

O acidente aconteceu ontem às 17h10 locais (18h10 de Brasília) quando um trem composto por seis vagões se chocou contra outro e descarrilou no vizinho estado americano de Maryland.

O choque aconteceu em um ponto no qual os trens circulam sobre a terra, antes de entrar na rede subterrânea, e o impacto foi tão forte que vários vagões ficaram montados em cima de outros.

O prefeito deve voltar a falar por volta das 17h locais (18h de Brasília) para dar informações sobre as vítimas e mais detalhes da investigação.

Enquanto isso, os blogs repercutiram a divergência nos dados sobre os mortos no acidente, o que coloca dúvidas sobre a coordenação dos diferentes órgãos que operam em uma situação de emergência como esta.

Segundo o jornal "Washington Post", Smith manifestou seu descontentamento hoje com a forma como o Corpo de Bombeiros está divulgando as informações.

Em declarações à publicação, Smith lamentou que "o espírito de cooperação não esteja sendo o que deveria ser". EFE elv/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG