Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Autoridades colombianas investigam atentados com explosivos em Bogotá

Bogotá, 18 set (EFE).- As autoridades colombianas investigam hoje quem são os autores de dois atentados com explosivos cometidos em uma região comercial do centro de Bogotá e atribuídos às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que deixaram dois feridos.

EFE |

Em relação às explosões, foram detidas cinco pessoas suspeitas de apoiar às Farc, dizem hoje fontes oficiais.

O general Rodolfo Palomino, chefe da Polícia de Bogotá, declarou aos jornalistas que as cinco pessoas detidas estão sendo interrogadas em dependências judiciais para se estabelecer se pertencem a redes urbanas que colaboram com as Farc.

Palomino reiterou a oferta de uma recompensa equivalente a US$ 9.500 por relatórios que conduzam à captura dos responsáveis dos atentados e reivindicou a cooperação dos cidadãos.

As explosões, registradas às 22h20 de quarta (horário de Brasília) com explosivos deixados junto a bolsas, atingindo cerca de 30 lojas e ocorreram perto de um edifício de 15 andares.

"Queremos reiterar o apelo à comunidade. Precisamos de sua cooperação", declarou Palomino.

O general lembrou que em março passado foi registrado um atentado similar em uma região de comércio popular do bairro de San Victorino. EFE gta/fal

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG