Bogotá, 4 abr (EFE).- Uma refinaria de cocaína que supostamente pertencia às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) foi descoberta em um local remoto do litoral colombiano por agentes de inteligência do país, informaram fontes oficiais.

O laboratório ficava em uma zona de selva próxima à costa do sudoeste colombiano, a cerca de 650 quilômetros de Bogotá.

Segundo as fontes, a refinaria supostamente pertencia à frente 60 das Farc, que atua nessa região.

Também foram encontrados no local 27 quilos de cocaína. As autoridades assinalaram que o laboratório tinha capacidade para refinar 50 quilos da droga por semana.

Além disso, foram encontradas substâncias químicas e equipamentos de laboratório, mas ninguém foi detido.

Em outra operação policial, quatro homens foram detidos em uma embarcação interceptada próxima ao porto colombiano de Buenaventura, na qual havia 148 quilos de cocaína.

A embarcação possuía dois motores de grande potência, motivo pelo qual se presume que a cocaína seria transportada para a América Central tendo como destino final EUA e Europa. EFE rrm/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.