Autoridades colombianas dizem que Farc cometeram ataques contra hotéis

Bogotá, 13 out (EFE) - As autoridades colombianas acreditam que os ataques com dinamite cometidos no domingo à noite contra dois hotéis da cidade de Neiva, que deixaram pelo menos um morto e oito feridos, foram cometidos pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), disseram os responsáveis policiais da região.

EFE |

Os atentados teriam sido cometidos por rebeldes urbanos que, aparentemente, fingiram ser hóspedes para instalar as cargas, disse hoje à imprensa o coronel Eduardo Carillo, chefe da Polícia em Huila, departamento cuja capital é Neiva.

O oficial destacou que, aparentemente, os guerrilheiros pertencem à Coluna Móvel Teófilo Forero, considerada como uma facção de elite das Farc.

As ações terroristas foram registradas domingo à noite nos hotéis Plaza e Sulicam, situados no centro de Neiva, 320 quilômetros ao sudoeste da Bogotá.

Além da vítima fatal e dos feridos, as explosões deixaram grandes destroços nas duas construções, assim como em lojas vizinhas.

As autoridades locais não informaram sobre se os proprietários dos hotéis estavam sendo extorquidos pelos rebeldes, que fazem uma campanha de exigências de dinheiro aos setores econômicos da cidade.

O chefe de Segurança Cidadã da Polícia Nacional, general Orlando Páez, viajou hoje de Bogotá a Neiva para liderar um conselho de segurança no qual serão analisados os fatos e adotadas medidas para impedir novos ataques. EFE jgh/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG