Autoridades colombianas desarticulam plano das Farc em Bogotá

Bogotá, 6 ago (EFE) - As autoridades colombianas desarticularam hoje um plano que guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) pretendiam lançar nesta quinta-feira e detiveram cinco supostos rebeldes, entre um importante líder, disse o ministro da Defesa colombiano, Juan Manuel Santos.

EFE |

Na operação foram apreendidos 70 quilos de explosivos.

"Cinco rebeldes das Farc foram capturados, (entre eles) membros da (facção) 'Teófilo Forero'", revelou Santos a jornalistas.

Na operação, as autoridades apreenderam os explosivos com os quais a guerrilha queria atacar "um batalhão de Saúde Militar e a sede da 'RCN Televisión'", acrescentou o titular de Defesa.

Santos afirmou que entre os detidos está "Javier Calderón", que tem a mesma categoria entre as fileiras rebeldes das Farc de "Rodrigo Granda", chamado o "chanceler" dessa organização.

A operação "segue em andamento", disse Santos, ao insistir em que os atentados seriam cometidos amanhã, feriado na Colômbia pela realização da Batalha de Boyacá, com a qual se selou a independência nacional, em 1819.

Santos fez a revelação no marco de uma entrevista coletiva junto ao ministro da Defesa da França, Hervé Morin, de visita a Bogotá.

EFE rrm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG