Autoridades colombianas acham arsenal de grupo que serve a traficantes

Bogotá, 28 jul (EFE).- Uma operação combinada da Marinha e dos serviços de inteligência colombianos permitiu descobrir um arsenal em uma área rural do sudoeste do país, de propriedade de um grupo que serve a traficantes de drogas, informaram hoje fontes das duas instituições.

EFE |

Segundo um comunicado da Marinha colombiana, após "uma extensa operação de busca" de um esconderijo informado "pela rede de voluntários", o lugar foi localizado em uma zona rural do município de Guapi (Cauca), com apoio do Departamento Administrativo de Segurança (DAS, inteligência estatal).

Embaixo da terra e em recipientes plásticos, foram encontrados 14 fuzis, 3 metralhadoras, 3 carabinas, 2 granadas de 40 milímetros, além de outros materiais militares e 14 rádios para comunicação, segundo a informação oficial.

Aparentemente, "o material apreendido foi enterrado por integrantes do grupo criminoso a serviço do narcotráfico 'Los Rastrojos'", segundo a fonte.

"Los Rastrojos" é um grupo criminoso que foi dirigido pelo assassinado chefe narcotraficante Wilber Varela.

Na ação na zona rural de Guapi não houve detenções e o arsenal apreendido foi colocado à disposição das autoridades competentes no departamento de Cauca. EFE rrm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG