Tamanho do texto

Londres, 20 abr (EFE).- A Polícia britânica resgatou 60 mulheres, prendeu 15 pessoas e realizou buscas em 19 locais em uma operação contra bordéis de Londres que operam pela internet.

Segundo fontes da Scotland Yard, mais de cem policiais que investigam uma rede de prostituição e tráfico de mulheres participaram da operação.

Autoridades locais afirmaram que ainda esperam resgatar cerca de 60 estrangeiras supostamente forçadas a se prostituir.

Cerca de 30 delas foram transferidas para um centro especial que conta com intérpretes, agentes de saúde e especialistas em técnicas de interrogatório para crimes de caráter sexual.

A Scotland Yard acredita que a rede usa uma agência da internet que oferece serviços de acompanhamento feminino para seus clientes.

Fontes da Polícia revelaram que a rede controlava diretamente as mulheres, mas também atuava junto com intermediários entre as prostitutas e os clientes.

Segundo o superintendente da Polícia Metropolitana de Londres, Ian Dyson, a prostituição através da internet é um problema cada vez mais grave. EFE jr/rr/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.