Autoridades argentinas entram em confronto com manifestantes do campo

BUENO AIRES - Produtores agropecuários e transportadores entraram neste sábado em confronto com autoridades argentinas na província de Entre Ríos ao insistirem em manter bloqueada uma estrada da região.

EFE |

Pelo menos um homem ficou ferido e o dirigente da Federação Agrária Argentina (FAA) Alfredo De Angeli foi detido pelas forças de segurança.

A maioria das estradas do interior do país começou hoje a ser desocupadas por transportadores, que nesta sexta-feira prometeram liberar as vias.

O Governo resolveu garantir a livre circulação de mercadorias, depois da crise de abastecimento gerada depois de mais de 300 bloqueios em estradas.

No entanto, na cidade de Gualeguaychú, uma das que ganhou maior destaque no conflito, transportadores e produtores se aliaram para manter um bloqueio na estrada 14, o que gerou um confronto entre forças de segurança e manifestantes.

As autoridades tentaram liberar a estrada, mas caminhoneiros e produtores resistiram e mantiveram o bloqueio.

Porta-vozes do setor do campo indicaram que também foram registrados incidentes na cidade do Paraná.

Os proprietários de caminhões transportadores de cereais iniciaram protestos em 3 de junho para reivindicar junto ao Governo da Argentina uma retomada de diálogo com o campo.

O presidente da Sociedade Rural Argentina (SRA), Luciano Miguens, voltou a afirmar hoje que o campo quer dialogar com o Governo de Cristina Fernandez de Kirchner "para solucionar o conflito".

A greve comercial dos produtores agrários acabou no domingo passado, mas muitos seguem protestando à beira de estradas e mantêm estocadas as colheitas para não pagarem impostos sobre importações de grãos decretados pelo Governo.

As seguidas greves e bloqueios de estradas já levaram algumas regiões da Argentina a enfrentar um desabastecimento de alimentos e combustíveis, além de prejudicar outros setores como o turismo.

Leia mais sobre: Argentina

    Leia tudo sobre: argentina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG