Autoridades americanas abrem processo contra a Intel

A comissão federal de comércio dos Estados Unidos, a FTC, reguladora de práticas antitrust, anunciou nesta quarta-feira que abriu processo contra o número um dos microprocessadores Intel, acusando o grupo de realizar uma campanha sistemática para eliminar os concorrentes do mercado.

AFP |

"A Intel empreendeu uma campanha deliberada para eliminar a concorrência que ameaça seu monopólio", afirmou Richard Feinstein, diretor da divisão antitrust da FTC.

"Eles violaram sem consideração os princípios da concorrência leal e das leis que protegem a concorrência com base em méritos", acrescentou.

"A ação da comissãl busca remediar o dano que a Intel causou à concorrência, à inovação e ao consumidor americano".

cl/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG