destrutiva - Mundo - iG" /

Autoridade iraniana vê Barbie como influência destrutiva

TEERÃ - As importações de bonecas Barbie e outros brinquedos ocidentais trarão consequências sociais e culturais destrutivas para o Irã, disse na segunda-feira o mais alto procurador da república islâmica, segundo um jornal local. O governo clerical conservador do Irã costuma atacar os perigos do consumismo e da cultura inspirada pelos Estados Unidos, qualificando-os como Ocidentoxicação.

Reuters |

Mas os jovens iranianos consomem música, filmes e outros bens do Ocidente. Brinquedos de marcas famosas podem ser comprados nas lojas de Teerã e em outras partes do Irã.

'O surgimento de personalidades como Barbie, Batman, Homem-Aranha e Harry Potter e... jogos de computador e filmes são um sinal de perigo às autoridades da área cultural', disse o procurador-geral Ghordan Ali Dori Najafabadi, em uma carta ao vice-presidente Parviz Davoudim publicada no jornal Mardom Salari.

Najafabadi, membro do alto clero, disse que o Irã é o terceiro maior importador mundial de brinquedos e sugeriu que isso representa uma ameaça à 'personalidade e identidade' da nova geração.

Ele acrescentou que muitos brinquedos foram empurrados para dentro do Irã e acusou os importadores de só se importar com os lucros, em detrimento dos valores culturais.

O Irã e os Estados Unidos romperam relações diplomáticas desde a Revolução Islâmica de 1979, quando o xá apoiado pelos Estados Unidos foi derrubado.

(Reportagem de Hashem Kalantari)

Saiba mais sobre: Barbie

    Leia tudo sobre: barbie

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG