Teerã, 30 nov (EFE) - O responsável nuclear iraniano Mohammad Saeedi disse hoje que a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) está fiscalizando as cinco mil centrífugas em funcionamento na usina de Natanz, no centro do Irã.

A agência de notícias "Irna" informou que o vice-presidente do Organismo da Energia Atômica no Irã fez as declarações durante a realização do primeiro seminário internacional sobre "Usinas nucleares, meio ambiente e desenvolvimento sustentável" em Teerã.

"Não há qualquer preocupação sobre a aplicação pacífica dessas centrífugas, porque a AIEA controla cada uma delas e inclusive faz inspeções de surpresa para controlar suas atividades", destacou Saeedi.

Na última quarta-feira, o Irã anunciou que tinha cinco mil centrífugas em funcionamento nas instalações nucleares de Natanz.

Quanto à usina de Bushehr, no leste do Irã, Saeedi destacou que a maior parte dos trabalhos foi concluída e que a central começará a operar em 2009.

A inauguração da primeira usina nuclear iraniana em Bushehr, de mil megawatts de potência, foi adiada em várias ocasiões por problemas no financiamento do projeto, com um valor estimado de entre US$ 800 milhões e US$ 1,2 bilhão.

O representante da AIEA no Irã, Christer Viktorsson, destacou hoje no seminário que a República Islâmica coopera totalmente para manter a segurança em Bushehr.

"A cooperação entre a AIEA e o Irã sobre a segurança da usina nuclear de Bushehr está em linha com os protocolos e os acordos existentes", acrescentou. EFE msh/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.