Autoridade distrital é sequestrada com 6 seguranças no Paquistão

Islamabad, 22 fev (EFE).- Um novo funcionário da Administração da região do Vale do Swat, no norte do Paquistão, foi sequestrado por homens não identificados quando ia para o trabalho.

EFE |

Recém-nomeado, o novo oficial de Coordenação do Distrito (DCO), Khushal Khan, estava a caminho da cidade de Saidu quando foi feito refém junto com seis seguranças, informou a emissora "Geo TV".

Nos últimos meses, a região do Vale do Swat foi palco de violentos combates entre o Exército do Paquistão e os talibãs, que em 15 de fevereiro declararam um cessar-fogo de dez dias.

Um dia depois, as autoridades paquistanesas assinaram um acordo com um dos grupos islâmicos para implantar um sistema de Justiça baseado na "sharia" (lei islâmica) na região noroeste de Malakand, que inclui o Vale do Swat.

No sudoeste do Paquistão, continua sequestrado o funcionário da ONU John Solecki, chefe na província do Baluchistão do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR).

Solecki foi feito refém em 2 de fevereiro pela Frente Unida de Libertação do Baluchistão, que tinha ameaçado matá-lo em 72 horas caso as autoridades não libertassem 141 mulheres sob custódia paquistanesa. EFE igb/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG