Autonomia do departamento de Tarija está sendo aprovada com 83% dos votos

Tarija (Bolívia), 23 jun (EFE).- O sim ao estatuto de autonomia submetido à votação neste domingo no departamento de Tarija, na Bolívia, está vencendo com 83,17% dos votos, com 38,6% das urnas apuradas, diz um relatório divulgado hoje pela Corte Departamental Eleitoral.

EFE |

O relatório destaca que a aprovação do estatuto, promovido pelo governador de Tarija, Mario Cossío, recebeu até agora 47.226 votos, enquanto o não é apoiado por 9.555 eleitores, 16,83%.

A abstenção, convocada pelo presidente boliviano, Evo Morales, está por enquanto em 26,8%, abaixo da média histórica de 28%, segundo informações da Corte Departamental Eleitoral.

Para esta votação, 173.231 pessoas se inscreveram, 6 mil a menos do que as que participaram do pleito de dois anos atrás.

Os resultados parciais parecem prever a aprovação do estatuto, que promove um regime autônomo rejeitado pelo Governo Morales, que o considera parte de um movimento "separatista".

Santa Cruz (leste) foi o primeiro departamento a aprovar seu estatuto autônomo, com 85,6% dos votos, atitude seguida por Beni (nordeste), com 79,5% de apoio, e Pando (norte), com 81,9% de respaldo.

Os governadores das quatro regiões autonomistas, mais o de Cochabamba, Manfred Reyes Villa, estão reunidos hoje em Tarija para analisar o futuro do bloco, a crise política do país e assumirem uma posição conjunta sobre o referendo revogatório convocado para 10 de agosto.

A consulta revogatória terá efeito sobre o mandato de Morales, do vice-presidente boliviano, Álvaro García Linera, e dos governadores regionais. EFE ja/wr/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG